SPEM | Brasil
Sociedade dos Pacientes com Esclerose Múltipla.




e vivo na cidade de São Paulo, sou gestor da TI formado em 2011 por uma faculdade com EaD, mesmo aposentado por essa doença desde 2001 então com 21 anos, já sentia há ao menos 1 ano, na época:

Procurei diversos médicos e fiz muitos exames. Mas, pelo que isso tudo me trazia:

Eu não tinha nada!!!

DOCE ILUSÃO...

Até que em outubro de 1998 um exame de TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA indicou algo no lado direito do meu cérebro que merecia maiores estudos, meu médico pede então um exame de RESSONÂNCIA MAGNÉTICA. Fiz o exame e dias depois levei-o ao médico.
Dr. Lélio viu os filmes, leu o laudo do exame, levantou meu histórico, pediu um exame de LÍQUOR da coluna espinhal e quando saiu o resultado diagnosticou que minha doença era Esclerose Múltipla e me explicou toda a doença:

Atualmente estou usando muleta canadense para caminhar fora de casa mas ainda tenho inúmeros planos de vida, alguns reformulados outros novos.

O que venho buscando desde o diagnóstico de EM, é adaptar a minha vida aos limites que a EM impõe, passando por algumas dificuldades, mas conseguindo atingir os meus objetivos: às vezes sozinho, com a ajuda de familiares e/ou amigos.

Apoio é fundamental.

Entrevista feita com Marcelo Morita e Marisa Bento, dois Pacientes com EM, mostra o que a neuropsicóloga Vivian Maria Andrade diz - "A esclerose multipla não impede a pessoa de gerir sua vida." - Pacientes com Esclerose Múltipla realiza tarefas diárias.

Jornal da Paulista janeiro de 2002 - UNIFESP / ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA

Dica:

**. Com aproximadamente 20 minutos de atividade física de qualquer tipo se tem a "queima" calórica no organismo e elevando esse tempo há pelo menos 30 minutos, é liberado naturalmente hormônios e neurotransmissores (substâncias químicas), como: ADRENALINA, ENDORFINA e outros que dão estímulo à mente (principalmente a memória recente), melhora o humor, aumenta a auto-estima e fortalece todo o corpo, como no: sistema circulatório, cardíaco e outros. . .
Veja com um médico, fisioterapeuta ou outros profissionais de saúde mais sobre isso e principalmente, fale com o médico sobre as suas condições físicas para iniciar alguma atividade.

obs... A dica acima só funciona e tem resultado certo se realizada ao menos 3/semana.